terça-feira, 18 de abril de 2017

[Resenha] Contra Todas As Probabilidades


    Quando a autora Renata Correa me enviou seu livro, ele veio com uma linda dedicatória que dizia, entre outras coisas, que esse era um "romance romântico". E também dizia que ela não tinha certeza se leitores homens gostavam desse estilo de livro. Pois, para mim, livro é como música. Topo ler qualquer estilo, contanto que me agrade. Costumo dizer que uma boa leitura é como tocar um instrumento musical. Quando você se dá conta, já se passaram horas e você ainda está ali se deliciando com as palavras do livro ou com as notas da canção. E por que estou falando tanto assim de música ? Porque esse é o pano de fundo do livro Contra Todas As Probabilidades, uma obra repleta de referências musicais nacionais e internacionais e que conta a improvável estória de amor entre Ana, uma jovem decoradora solitária e sonhadora, e Marcus, o mais novo ídolo musical do momento, vocalista de uma banda pop que acaba de vencer um reality show. Um livro que fala de encontros, desencontros, sensualidade e muito amor. É nítido o carinho com que Renata trata os protagonistas. Eu a conheço pouco mas me arrisco a dizer que Renata e Ana tem muitas coisas em comum, sendo uma o "alter ego" da outra. O livro possui algumas curiosidades interessantes como, por exemplo, o fato de Renata, em nenhum momento, citar o nome da cidade onde Ana reside. Isso faz com que Ana se transforme num símbolo nacional de mulheres românticas, sem se prender a sotaques ou costumes de um único Estado ou região. Outra curiosidade é que o livro é narrado em primeira pessoa pela Ana. Entretanto, em alguns capítulos, Marcus também assume esse papel de narrador. Também é nítido que Renata se inspirou no ex-vocalista da banda Malta, Bruno Boncini, para compor o personagem Marcus. Podemos ver muitas características físicas, como até o tom da voz, semelhantes entre eles. É um livro cativante, de leitura gostosa e com um final que nos faz lembrar o filme Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças, mostrando que a essência do verdadeiro amor está eternamente guardada dentro do coração.

Versão dessa resenha no Youtube: clique AQUI

Book Trailer: AQUI

Esse livro poderá ser comprado AQUI.



19 comentários:

Renata R. Correa - escritora disse...

Amei a resenha! Obrigada!

Camila Carvalho disse...

Oi.
Não conhecia a obra e nem a autora, mas só de falar BM que ele lembra o meu filme preferido fiquei com vontade de ler.
Beijo

Millena Oliveira disse...

Amei sua resenha, fiquei curiosíssima pra ler esse livro, já vou colocar na minha whishilist literária.

Helô disse...

Gostei muito da resenha. Não conhecia esse livros, mas fiquei com uma vontade imensa de ler.

caroline sena disse...

a resenha esta ótima, amo histórias com músicos, não conhecia mas curti, a capa é bem fofa também.

Blog Entre Ver e Viver

Marli Papa disse...

Amo literatura e deu vontade de ler! Você falou do livro com tanto entusiasmo que é difícil ficar indiferente! Eu curto bastante romance e histórias narradas na primeira pessoa.

Gabriela Z. de Sanctis disse...

Marcelo, gostei da sua resenha! Super concordo com o que você falou que nem vemos o tempo passar com uma boa leitura, isso geralmente acontece comigo: quando vejo já se passei várias horas ali, viajando na história.

Beijos

Hilda Machado disse...

Não conhecia o livro nem a autora, mas acho muito interessante livros de romance então fiquei muito curiosa para lê-lo. Achei sua resenha bem bacana, não trouxe spoillers e atiçou a curiosidade, Belo post! Abraço!

Sorriso Jovem

Erica Oliveira disse...

Aparentemente é um livro mais adolescente rs mas mesmo não sendo fã de romances gosto de lê-los exatamente pelo fundo que eles tem. E confesso que o fato de ter música envolvida me deixou ainda mais curiosa :)

Tatiana Castro disse...

Oi, Marcelo!
Também não vejo problema nenhum em homem ler romance e mulher curtir terror.
Interessante não mencionar a cidade e, desde Maybe Someday adoro temáticas musicais.
O Malta mudou o vocalista?
Beijos!
Gatita&Cia.

Marcelo Segala disse...

Oi Tatiana ! Se não me engano, quem assumiu o lugar do Bruno na Banda Malta é, na verdade, uma cantora chamada Luana Camará, que participou de dois realities shows na Globo: The Voice e Superstar.

Bjs.

Maria Eduarda {@dudsparrow} disse...

Não conhecia, mas fiquei bem curiosa. Coisa boa é quando um livro é tão envolvente que nem vemos o tempo passar! Abraço :)

Red Behavior

Ciana Andrade disse...

Eu não conhecia o livro, antes de tudo quero parabenizar pela resenha. Eu também escrevo, faço poucas resenhas, o meu blog embora tenha como foco os meus textos autorais, ele é um blog de variedades. Leio muitas resenhas e raramente vi alguém fazer uma resenha neste nível. Parabéns!
Com certeza, esse será mais um livro para a minha lista de desejos.
Irei seguir o seu blog. Sucesso!
bjs

Lucimar da Silva Moreira disse...

Não conhecia a autora Renata Correa porém a obra do livro é magnífica. Ela nos conta uma linda história gosto muito de livros que tenha um romance. Fiquei apaixonada pelos personagens de Ana e Marcus, a capa é super romântica, esse livro com certeza vai pra minha lista de favoritos, bjs.

Death Life disse...

Oi, tudo bem?
A capa e o título dão a impressão de que é um ''romance romântico'' mesmo. Bom quando o livro surpreende, mostrando que é mais do que aquilo que promete. Também gostei da história partir do ponto de vista de mais de um personagem. :)

Carolina Monteiro disse...

Adorei a resenha! A capa também é bem bonita. A história me pareceu ser boa e eu leria a obra com certeza, apesar de ainda não conhecer a autora! Beijos e parabéns pelo post! É sempre bom conhecer novos autores.

www.brincandodeolivia.com

Aventureiras Literárias Aventureiras Lit. disse...

Olá!

Adorei a resenha! Não conheço a autora, mas fiquei com muita vontade de conhecer o trabalho dela. Essa capa é muito bonita! Mais um livro que vai para a minha lista para serem lidos!

Beijos

https://aventureirasliterarias.wordpress.com/

Porre de Leitura e Livros disse...

Olá! tudo bom?
Não conhecia o livro e nem o autor, ma parece ser ótimo. Não vejo nada também em homens lendo romance, pelo ao contrario acho que toda forma de leitura é valida para ambos os sexo.
Beijos.

Alice Martins disse...

Oi Marcelo, tudo bem?

É realmente difícil encontrar homens que se permitem ler os mais diversos gêneros de livros, normalmente eles se restrigem bastante. Ao ler sua resenha fiquei bem interessada na obra, com certeza eu leriaa e iria me apaixonar, principalmente pela personagem principal servir como um espelho de todas as mulheres. A relação com a música me interessa bem mais! Adorei!

Beijos!